quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Declaro amor ao despertador

Olha, eu preciso agradecer. Por mais insuportável que seja todo e qualquer som que eu use, se não fosse ele, eu não poderia apertar "mais dez minutos" e virar para o lado, pois provavelmente eu perderia a hora. Sei que a maioria das pessoas o odeia, mesmo ele sendo celular, tablet ou sei lá, mas se não fosse o tal despertador, ah, eu perderia o emprego, as aulas do cursinho e a vida.

Levantar cedo tem sido uma tarefa difícil no últimos dias, me sinto mais cansada que o normal e se for ver, nem tenho feito tudo que deveria/gostaria. A cama me consome, as cobertas estão quentinhas e não sinto a mínima vontade de levantar, mas é necessário. Quando ele toca eu não sinto raiva, eu fico triste, mas eu sei que preciso e se não toca, preciso sair às pressas, louca e descabelada [o normal é assim também].

(Daqui) Hahahaha

Gosto da imagem, mas sem o despertador me puxando, é como se ele me desse a mão, porque se depender só de mim, não consigo não. *drama*
Tá aí, algo que a maioria odeia mas eu entendo que é um mal necessário na vida, haha. É claro que domingo é dia de ficar de boa e eu não quero nem saber de barulho, mas poxa, dá um desconto né?

Talvez seja o frio, a preguiça, o desânimo... Mas não tá fácil. Sempre existem uns tempos em que sentimos que é mais difícil sair da cama, né? Junta tudo isso com a minha habilidade em se atrasar... Pronto. Se não é o despertador...

Lembro de quando estava no ensino médio ainda e a minha mãe precisa me chamar cedo. Gente, zumbi era pouco para o que eu parecia. A minha mãe chamava uma, duas, três vezes... na quarta vez ela aparecia no quarto e puxava as cobertas [eu não esqueci, viu? haha]. Aquilo acordava até defunto. E sabe do pior? Eu morava DO LADO da escola, tipo, uma descida de 2 minutos e eu estava lá, tanto que ouvia o sinal de casa, mas eu SEMPRE chegava atrasada. As pessoas e a minha mãe ficavam indignadas. Pois é.

Bem, amanhã é uma nova luta. Vou dormir. Me desejem força.


Um comentário:

  1. Nossa, eu odeio o despertador porque eu preciso culpar alguma coisa por ter que acordar cedo. E parece injusto culpa a vida, hahaha. Então culpo o despertador. Eu seria uma nadinha sem ele, mas ainda assim. Sofro muito com sono. De manhã eu simplesmente não funciono, desde a época da escola. Eu só acordo direito depois do almoço.

    No final de semana eu sempre acabo dormindo demais, e diz que isso só piora pra acordar durante a semana. Mas aff, soninho é tão bom. ♥

    Beijos!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...