segunda-feira, 31 de agosto de 2015

"Perto do fim começamos a pensar no começo"

"Perto do fim nem eu mesma me reconheço".

É, chegamos ao fim do BEDA. 31 dias. 31 textos [ou tentativas de]. Muitos blogs, muitas pessoas perdendo sua sanidade mental, outras encontrando. O BEDA ajudou a me encontrar, me deu inspiração e ao mesmo tempo me deixou sem ideias, me fez todos esses dias tentar encontrar algo bom ou interessante nesses dias loucos de Agosto. E acabou. E isso é triste, sabe? Por mais idiota que seja. Foi bom, foi difícil, mas foi bom. Foi mais bom do que mau. 

Eu concluí um projeto. É pequeno mas é tão grande, sabe? Lembro de lá em meados de 1900, quando entrei naquele projeto fotográfico 365 dias.. Acho que durou uns 40, hahahahaha. Mas não me tornei nem pior nem melhor por isso. A gente cresce sempre. 

Foi extremamente lindo participar, descobrir (oi, Ana <3) e continuar acompanhando tantos blogs. Eu entrei em uma pausa bloguística nos últimos tempos. Escrevia algo aqui e ali, na maioria das vezes quando estava triste e apenas o papel a tela em branco do blogger fazia sentido. Sempre me sentindo culpada e mal por não conseguir expressar nada, produzir nada, escrever nenhuma abobrinha. E o BEDA surgiu no melhor momento para me trazer de volta. São tempos difíceis para todos, claro, agosto durou 62 dias, mas vencemos e chegaremos bem em Dezembro, talvez esfolados, mas bem.

Há um sentimento bom de coração aquecido e isso me deixa feliz. Sinto que me renovei neste último mês e acho que agora posso dizer que o segundo semestre começou de vez, hahaha. Me sinto inteira novamente. Não sei explicar o que se passa aqui, mas são coisas boas e uma certeza de que tudo {sempre} fica bem, quando se tem muito amor e fé, não há outro caminho para que as coisas caminhem, eu acredito que seja para um mar de águas tranquilas. Não significa que tudo sempre estará bem, mas que ficará bem.

Por mais que eu não tenha feito tudo o que deveria ter feito em agosto, simplesmente por falta de forças ou por causa do BEDA mesmo, haha, sinto que foi necessário. É como se tivéssemos passado por uma purificação, sabe? Besteira? Talvez. Mais uma vez estou deixando para escrever nos últimos momentos, mas o sentimento de trabalho cumprido, meta batida e coração aquecido é maior.

Assim como a Aninha disse, há uma expectativa se nossos blogues queridos irão continuar na mesma pegada, se nós iremos conseguir postar com mais frequência, se conseguiremos participar do BEDA 2016... Mas deixemos essas preocupações para amanhã, sejamos leves hoje.

Obrigada por quem acompanhou essa jornada, esperamos nos ver em breve. Setembro promete ser badalado em todos os sentidos!











Um comentário:

  1. Eu pensei que agosto não fosse acabar nunca. De fato, ele teve 62 dias mesmo. É a única explicação. Ontem que pude chegar em casa e não me preocupar em escrever ou terminar um texto, fiquei até meio sem saber o que fazer. Essa jornada foi louca, mas foi maravilhosa ao mesmo tempo. Vai entender, né?

    'Brigada pela menção. <3 Fiquei muito contente de conhecer tanta gente nova nesse BEDA.

    Beijão!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...